Problemas imaginários têm soluções imaginárias

Como distinguir problemas reais de imaginários?
Regra prática: um problema real tem uma solução real, por difícil que seja. Os imaginários não têm solução, pelo menos no mesmo plano em que aparecem.
Problemas reais têm soluções reais, problemas imaginários, têm soluções imaginárias.
Se o seu problema tiver uma solução fora da realidade, o problema era imaginário.
Se é real e não tem solução, também deixou de ser problema: é uma condição objectiva, é um facto.
Exemplo: Eu quero passar para o lado de lá daquela alta montanha.
Problema é real, se eu considerar que esse é o meu objectivo e que vale a pena lutar por ele.
Assim, este problema tem uma solução:

-Há um caminho que pode ser encontrado ou um caminho pode ser feito.
-Eu tenho a forma física necessária para subir a montanha ou, senão tiver, posso adquiri-la.
-Etc.
Ou não tem solução. Não encontro forma de passar a montanha.
Agora tenho uma escolha: continuo com o problema e estou votado ao insucesso e ao eventual sofrimento. Ou, então, passo a considerar a montanha como um facto intransponível e ligo-me ao ilimitado campo das possibilidades abertas para quem não quer passar para o lado de lá daquela montanha específica e se concentra em explorar todas as alternativas: estabeleço-me no vale, continuo a viagem por outro lado, exploro uma mina no flanco da montanha (às vezes os problemas são ricos de oportunidades inesperadas!!!), etc.
Anúncios

2 responses to “Problemas imaginários têm soluções imaginárias

  1. Nada é tão linear, não vejo os problemas, sejam eles quais forem de uma forma tão fácil, simplesmente porque esles existem em nós, seres humanos e somos diferentes uns dos outros.
    A nossa mente reage e resolve de forma diferente. Pode conseguir ou não resolver o dilema…
    ex: Olho para a montanha, não consigo subir, mas quero,
    e é só esse o meu desejo, qualquer outra solução não me satisfaz…
    O que faço?

  2. Algumas perguntas para fazer ao problema:
    És um problema que me diga respeito?
    O que sucede se eu não te resolver?
    Posso definir-te melhor?
    Será que ocultas atrás de ti o verdadeiro problema que eu posso resolver?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s